Cidadania e Ética – A história da professora Eloíza

Cidadania e Ética – A história da professora Eloíza

Sou a Professora Eloíza, nascida no dia 05 de fevereiro de 1976, em Brasília, onde minha família residia. Passei toda a infância morando na Ceilândia, onde, até hoje, meu pai tem um comércio. Estudei até o quarto ano em escola pública e completei minha formação em escola particular. Meu pai tinha o sonho de ser advogado e minha mãe, professora, mas, infelizmente, meus pais não conseguiram concluir seus estudos. Em 1994, concluí o segundo grau e passei no vestibular de Economia, que cursei por um ano e meio (três semestres). Casei em 1998, e, em 1999, tive minha primeira filha, Gabrielly.

Sonhando em poder oferecer um futuro melhor para ela, fiz o vestibular em Direito no Rio de Janeiro, na faculdade Gama Filho. Após três anos morando no Rio, engravidei de minha segunda filha, Giovanna. O peso da responsabilidade só aumentava, foi quando decidi voltar para Brasília e concluir meu curso. Após a conclusão tive meu terceiro filho, Leandro, e passei a advogar por vários anos.

Quando minha filha Gabrielly pediu para estudar no colégio Alub, foi tudo muito receptivo e encantador e, após seis meses, eu fiz o processo seletivo da rede, sendo convocada para trabalhar ministrando aulas para o ensino médio em Direito (Cidadania e ética).

Logo, foi um grande desafio e tudo muito inovador, pois a linguagem dos adolescentes, a preocupação em ser criativa nas aulas e criar um método para instigar esses alunos a terem interesse aos assuntos de direito sem cansá-los foram meus principais norteadores. Passei a trocar a rotina dos fóruns pela rotina pedagógica, até tive experiências com sala de aula, mas todas foram voltadas para cursinho e para faculdade, mas nada para o ensino médio. Após alguns meses eu logo percebi que estava apaixonada pelos adolescentes.

Alunos do Alub em aula de direito e cidadania

Assim, eu vi no Alub a grande oportunidade de aprofundamento e aperfeiçoamento dos estudos que eu precisava. Nesse tempo foram oferecidas várias palestras, várias técnicas, alguns cursos, grandes desafios e assim eu fui me apaixonando pela rede e pela arte de ser professor. Ser professor é mais que uma profissão, apenas. É um dom que poucas pessoas conseguem exercer com tamanha dedicação.

Hoje ao entrar em sala de aula eu aprendi a ensinar e a aprender.  Acredito que as pessoas podem superar suas dificuldades, lutar, vencer, ter fé em si mesmas, fazer sempre o melhor, evoluir e crescer. Hoje me tornei uma dedicada profissional da área, que exerce sua profissão, acreditando em seus alunos.

Não é difícil sonhar os sonhos dos meus alunos, pois construímos uma relação respeitosa e cheia de conhecimentos que somadas aos de outros colegas de trabalho mudamos a vida dos nossos aprendizes.

Ao longo desses anos foram construídas excelentes lembranças na rede Alub, também eu passei a visualizar que, o que era desafio anos atrás, hoje se tornou motivo de orgulho na minha família, pois, sem perceber, eu consegui agregar as duas profissões que eram o sonho dos meus pais e que hoje fazem parte da minha história. Eu só tenho orgulho de fazer parte de uma escola séria e comprometida que hoje faz parte da minha história de vida.

 Eloíza, professora de Cidadania e Ética.

Relacionados


Veja todos