Educar Holding assume gestão do Alub

Educar Holding assume gestão do Alub

Um dos maiores grupos de educação básica do país, a Educar Holding assumiu a gestão do ALUB. Com 14 mil alunos – da educação infantil ao ensino médio -, o ALUB é a instituição que mais aprova na UnB e está entre os melhores colégios do DF. Sob a gestão da Educar, o ALUB terá em 2018 novos formatos e projetos pedagógicos.

Criada em 2013, a Educar segue proposta pedagógica pautada na formação humanística. “Nossa missão é transformar vidas. Está na própria etimologia da palavra educar, que é sair de um lugar para outro. Para outro lugar melhor. Entendemos que educação é dar autonomia intelectual”, afirma Arthur Pinheiro Machado, presidente da Educar Holding e do ALUB.

Macroeducador, Arthur defende que a educação deve dar condições para que o estudante “aprenda a criar, a criticar e a entender a sociedade”. A autonomia intelectual permite aos alunos, na visão de Arthur, a descoberta do seu dom. “Ao saber das suas potencialidades, o cidadão é capaz de produzir novas ideias e práticas, inovando e tendo um senso de pertencimento com a sociedade. Ou seja, cria um ambiente colaborativo, com reflexos na qualidade de vida e no desenvolvimento do país”, explica. “Esta visão, que privilegia a formação mais holística, já é adotada pelo Enem, que exige cada vez mais do candidato a capacidade de pensar no lugar de decorar respostas”, completa.

Para 2018, as mudanças no ALUB seguem esta tendência, com reforço à formação humanística. “Este reforço é essencial para que a gente olhe o indivíduo e não permita mais o adestramento, e, sim, que o aluno crie, pense e seja preparado para a vida”, explica Arthur. Hoje, o Alub oferece 21 projetos pedagógicos, que desenvolvem novas competências.

Novas tecnologias

Uma das novidades é a Educação Tecnológica. A partir do Lego Education, método que trabalha disciplinas como Ciências e Matemática, os alunos são estimulados a desenvolver raciocínio lógico, oratória, resolução de conflitos e trabalho em equipe.

“O projeto está ligado à robótica e à pesquisa. No Fundamental, por exemplo, os alunos são desafiados a resolver um problema social. Trabalham como em um projeto de iniciação científica, onde formulam hipóteses até chegar a uma solução”, explica Learice Barreto Alencar, Gerente Educacional do ALUB. Learice foi responsável pela implantação do Lego Education em rede de escolas do Sistema S, no DF. De lá, saiu em 2017 a equipe campeã do Aberto de Robótica no Reino Unido. A partir de 2018, os alunos do ALUB vão disputar o Torneio Interescolar de Robótica, primeiro passo rumo a grandes competições.

Em parceria com a Universidade de Oxford, os alunos terão, efetivamente, seu letramento também em inglês. “Nesta idade, o aluno está mais propenso à aprendizagem”, explica Learice.

Preparação para o Enem

No ensino médio, o diferencial é o NAV (Núcleo de Atendimento ao Vestibulando). Desde o primeiro ano do ensino médio, o aluno terá simulados, estratégias de estudos, monitoria de aprendizagem e aulas especiais em turmas de ensino avançada. “É um acompanhamento personalizado, com preparação emocional e orientação profissional para o Enem”, explica Learice. No ALUB, o aluno conclui o ensino médio no primeiro semestre do 3o ano. O restante é dedicado ao ENEM. “Queremos formar cidadãos pensantes, criativos e capazes”, conclui Arthur.

Fonte: G1 matéria transcrita e editada da edição do site Globo.com do dia 10 de outubro de 2017. Leia na íntegra: https://g1.globo.com/distrito-federal/especial-publicitario/alub/noticia/colegio-alub-investe-na-formacao-humana-e-em-novas-competencias-com-21-projetos-pedagogicos.ghtml

Relacionados


Veja todos